quarta-feira, julho 13, 2011

SANTA IRIA DE AZÓIA



QUADRAS PARA UMA OLIVEIRA



da vila de Santa Iria



A oliveira milenar,
Que vive em Santa Iria,
Se nos pudesse falar,
Que histórias contaria?

Esta robusta oliveira,
Plantada ou aqui nascida,
É testemunha primeira
De três mil anos de vida.

De Homero contemporânea
Merece ser bem tratada.
Que viva, pois, espontânea,
E não lhe façam mais nada.

Procedam só à limpeza
E não lhe provoquem danos.
É força da Natureza
P’ra resistir muitos (mais mil) anos.


(inéditas)

2 comentários:

Joaquim Ferreira disse...

Parabéns Manuel, por estas Quadras que nos "afloram" ainda mais, a riqueza milenar que temos na "Nossa Terra" !
Abraço!

Manuel da Mata disse...

Caro Joaquim,
Eu tudo faço por esta terra que, não sendo a minha originária, é a minha porque a adoptei livremente como minha e onde gosto de estar.
O comentário surge arredondado, mas percebe-se. Obrigado pela sua vinda a este meu espaço.
Abraço.